Covid-19: As nossas lojas permanecerão abertas. Tratámos de tudo para garantir a proteção da saúde de todos. A saúde das suas empresas e de suas equipas é nossa prioridade. Clique aqui para obter mais informações.
    • Resultados da pesquisa

    • A mostrar resultados a de .

      Desculpe, mas não encontramos resultados correspondentes à sua pesquisa

      Para melhorar a sua pesquisa, por favor:
      • Verifique a ortografia dos termos pesquisados
      • Tente outras palavras
      • Use o menu "Produtos"
  • Desculpe, mas não encontramos resultados correspondentes à sua pesquisa

    Para melhorar a sua pesquisa, por favor:
    • Verifique a ortografia dos termos pesquisados
    • Tente outras palavras
    • Use o menu "Produtos"

20 out

O novo quadro de média tensão utiliza ar puro e corte a vácuo, evitando por completo o gás de efeito de estufa SF6.
O SM AirSeT mantém o mesmo tamanho compacto e mecanismo de operação da atual gama SM6 para aplicações comerciais e redes de distribuição secundária.
A nova tecnologia conquistou recentemente o Industrial Energy Efficiency Award da Hannover Messe, bem como um iF Design Award, e esteve entre os três finalistas ao prestigiado HERMES Award.

A Schneider Electric, líder na transformação digital da gestão de energia e automação, anunciou a sua nova gama de quadros de média tensão sustentáveis e digitais no seu evento virtual, o Innovation Summit 2020. O SM AirSeT é um passo em frente na sustentabilidade, utilizando ar puro e corte a vácuo em vez de gás SF6, e pemitindo aos utilizadores tirar o máximo partido dos recursos digitais para desbloquear o valor dos dados. A nova oferta representa uma evolução em relação à atual gama de distribuição secundária, sendo mais sustentável e mais respeitosa para com o meio ambiente do que a SM6, a gama de produtos clássicos mais populares da Schneider Electric para a distribuição elétrica secundária.

Desde o anúncio da inovadora tecnologia de corte a vácuo em derivação (SVI)™ associada ao isolamento de ar puro, durante os eventos CIRED e European Utility Week em 2019, a empresa continua a apresentar projetos-piloto de sucesso da gama de média tensão livre de gás SF6, tanto em instalações de empresas de serviços públicos como para clientes privados. Este novo dispositivo ecológico e digital foi concebido para mercados de distribuição elétrica secundária e será lançado, numa primeira fase, em várias localizações da Ásia e da Europa.
A empresa prevê um nível de elevado entusiasmo similar ao da fase piloto, uma vez que a combinação de SVI e isolamento em ar puro permite evitar o SF6, mantendo ao mesmo tempo os benefícios do seu tamanho compacto. Oferce um amplo conjunto de funcionalidades, incluindo o interruptor seccionador sem SF6, uma das soluções mais procuradas nas instalações de edifícios. Também mantém o modo de funcionamento fiável dos equipamentos tradicionais baseados em SF6.


O ar é o melhor gás

“Na Schneider Electric acreditamos que o melhor gás é o ar,” afirmou Frederic Godemel, Executive Vice President of Power Systems da Schneider Electric.“Estou muito feliz por anunciar o SM AirSeT, o nosso quadro de média tensão sustentável e digital sem SF6. Este é o passo em frente mais entusiasmante para a média tensão desde há muitos anos, e desempenhará um importante papel na descarbonização da eletricidade, ao mesmo tempo que contribui para a economia circular. Preocupamo-nos com a nossa responsabilidade ambiental e os nossos clientes também. Hoje em dia, facilitamos a transição para deixar os gases de efeito de estufa, mantendo todos os benefícios que o equipamento SF6 clássico nos trazia.”

A Schneider Electric apresenta projetos-piloto de sucesso do seu novo equipamento de comutação de média tensão livre de SF6 em numerosas empresas de serviços elétricos, como a E.ON na Suécia, a GreenAlp em França e a EEC Engie na Nova Caledónia, com outros a acontecer regularmente, incluindo em redes elétricas privadas para aplicações comerciais e industriais.

O novo quadro de média tensão SM AirSeT da Schneider Electric recebeu recentemente o Industrial Energy Efficiency Award na Hannover Messe, que reconhece o compromisso excecional das empresas com o investimento e a aplicação de soluções eficientes em termos energéticos. Em cooperação com a empresa de estudos de mercado independentes e consultoria EUPD Research, o prémio foi outorgado pela Deutsche Messe nos Hannover Messe Digital Days. Ao escolher o vencedor, o júri teve em conta o seu nível de inovação, a sua contribuição para a eficiência, os benefícios económicos e as características de sustentabilidade social.

O SM AirSeT foi também nomeado para outro prémio industrial atribuído este ano pela Deutsche Messe, o HERMES Award, tendo ficado colocado entre os três finalistas. Estes reconhecimentos vêm no seguimento de um prémio anterior: em maio, a tecnologia SM AirSeT da Schneider Electric foi reconhecida pela iF, a célebre instituição de design, com um iF Design Award.

A empresa destacou, ainda, as vantagens das numerosas tecnologias digitais que podem equipar este novo equipamento de comutação. Por exemplo, os sensores para a monitorização das condições podem desbloquear estratégias preditivas e preventivas de gestão de ativos, fornecendo dados a sofisticadas ferramentas de análise como as que oferece a robusta arquitetura e plataforma EcoStruxure da Schneider Electric.