Reconversão de sistemas de Aquecimento Central


26 nov

A correta seleção de equipamentos para a reconversão de sistemas de aquecimento que usam caldeiras convencionais para Bombas de calor é fundamental para tirar o máximo partido das funcionalidades dos equipamentos.

Este artigo é um guia de seleção explicativo e rápido para facilitar a compreensão e ajudar na correta escolha das Bombas de calor da Daikin, Altherma de Baixa Temperatura (até 55ºC), Média Temperatura (até 65ºC) e Alta Temperatura (até 80ºC).

Consulte no Guia de seleção as formulas para realizar todos os calculos necessários e todas as tabelas de conversão.

Fundamento teóricos
A potência dissipada num sistema de aquecimento central composto por radiadores, está limitada não só à potência da fonte térmica, como também à capacidade de dissipação dos próprios radiadores. A capacidade de dissipação de um radiador depende, entre outros fatores, da temperatura de avanço da fonte térmica, pelo que, aquando da sua substituição, e caso a temperatura de avanço seja diferente, é necessário verificar qual a nova capacidade de dissipação dos radiadores existentes. Este guia tem como objetivo demonstrar quais os passos necessários para o cálculo da potência dissipada por elemento de radiador e consequentemente pelo sistema.
A potência dissipada por cada elemento de radiador pode ser obtida nos catálogos dos fabricantes, variando consoante o material, a distância entre eixos e o DeltaT do radiador.
Material - Existem no mercado radiadores dos mais diversos materiais (alumínio, ferro fundido, aço, entre outros) sendo que em Portugal os mais usuais são em alumínio.
Distância entre eixos – Distância entre a entrada e a saída de água do radiador.
Após o cálculo do DeltaT de acordo com a temperatura de ida de água da fonte térmica e sabendo o material do radiador bem como a distância entre eixos já é possível retirar diretamente dos catálogos a potência dissipada por elemento.

Notas finais
Uma variação de apenas 5°C na temperatura de ida de água implica uma redução de 15% a 25% na potência dissipada pelos radiadores.
A potência (em kW) dos sistemas está limitada à capacidade de dissipação dos radiadores.
A substituição de uma Caldeira por uma Bomba de Calor com um Temp. de avanço mais baixa é possível, mas implica uma potência de aquecimento inferior nos radiadores, pelo que se deve verificar que a potência final da instalação não compromete o conforto.
Se se pretender manter as condições de conforto atuais do Cliente, com a mesma capacidade de resposta dos radiadores, a caldeira deverá ser substituida por uma bomba de calor que permita a mesma temperatura de avanço.